• (31) 2526-8318
  • Seg-Sex, 8:00-18:00

1 ano da Fusão Projelet e ECOM

1 ano da Fusão Projelet e ECOM

Há pouco mais de um ano, nascia a ideia da fusão de duas das mais respeitadas empresas de projetos de engenharia de Minas Gerais: a Projelet e a Ecom Engenharia. Juntas, as duas empresas somam mais de 35 anos de experiência e mais de 17 milhões de m2 de projetos executados. A ação foi motivada em 2014, por Marcelo Dicker, fundador da ECOM Engenharia. Acreditando no sucesso da união, junto ao sócio Magno de Souza, apresentaram a proposta à Projelet. Depois de várias análises, que contaram com uma assessoria jurídica, empresarial, contábil e mercadológica, o processo de fusão teve início, em novembro de 2014, sendo consolidado seis meses depois.

Com sede em Belo Horizonte, a Projelet Ecom atende a diversos segmentos, sempre com foco no que há de mais moderno e sustentável. Segundo o diretor comercial, Bruno Marciano, desde o início, eles apostavam no potencial de crescimento a partir da junção entre as duas companhias. “Mesmo impactados e sofrendo as consequências do momento, conseguimos manter os nossos principais projetistas e colaboradores, conservando nosso padrão de qualidade e excelência. Também aproveitamos o momento para nos preparar para a retomada, atrelando a visão de mercado à experiência e aos valores sólidos”, conta.

Segundo Marciano, à época das negociações, os sócios chegaram à conclusão de que a ação poderia ser uma estratégia positiva, pois uniriam expertises e diversidade de atuações. “Dessa forma, agregamos experiências de quase 40 anos de atuação. Além da otimização nos custos e processos, um fator muito importante da fusão foi a ampliação do leque de atuação no mercado, nos permitindo maior visão e possibilidade de captação de novos clientes nos mercados mais exigentes”, explica.

Carregando no currículo a elaboração de mais de mil projetos, o diretor técnico da ECOM, Magno de Souza, destaca que ficou satisfeito ao se deparar com uma equipe tão capacitada, séria e competente, como a da Projelet. “Foi, sem dúvida, uma das motivações para a união. É uma equipe que preza pela atenção à qualidade, organização e padronização de seus processos, que ficaram ainda mais evidenciados no início da fusão. Na hora de elaborar nossas soluções, tivemos uma harmonização nos procedimentos técnicos. A sintonia entre as equipes gerou um alívio para os sócios. Vale ressaltar que, hoje, oferecemos aos clientes praticamente todas as disciplinas de sistemas prediais”, afirma.